Conceitos

Redefinindo as conversas com os clientes: Um guia completo para a IA conversacional

Gabriella
30 de novembro de 2023
Chatbot vs. IA conversacional: qual é a melhor opção para a sua empresa?

A IA conversacional entrou no chat e está aqui para redefinir as conversas com os clientes. Graças às suas capacidades avançadas, as conversas automatizadas que costumavam ser baseadas em regras e guiões tornaram-se dinâmicas e intuitivas. Mas o que é que isto significa para as empresas?

Este guia irá guiá-lo por tudo o que precisa de saber sobre IA conversacional para conversas com clientes. Aprenderá o que é, como funciona e as suas diferenças em relação aos chatbots convencionais. Depois, vamos explorar como está a redefinir as conversas com os clientes, as formas de a implementar e as melhores práticas para a utilizar eficazmente.

O que é a IA de conversação?

A inteligência artificial (IA) conversacional refere-se à utilização de tecnologias de IA para simular conversas semelhantes às humanas. Utiliza grandes volumes de dados e uma combinação de tecnologias para compreender e responder à linguagem humana de forma inteligente.

A melhor parte é que a IA aprende e melhora as suas respostas a partir de cada interação, tal como acontece com um ser humano. Alguns exemplos rudimentares de inteligência artificial de conversação com que pode estar familiarizado são os chatbots e os agentes virtuais.

Antes de explorar a evolução desta tecnologia, vejamos como funciona a IA de conversação avançada.

Como funciona a IA de conversação?

A IA de conversação combina tecnologias como o processamento de linguagem natural (PNL) e a aprendizagem automática (ML) para ajudar os sistemas de software a imitar as interacções humanas.

A PNL equipa estes sistemas com a capacidade de compreender, interpretar e gerar linguagem humana. Traduz as nuances das conversas humanas para uma linguagem que o software pode compreender, permitindo-lhe interagir com os seres humanos de forma mais natural.

Entretanto, o ML permite que estes sistemas aprendam e melhorem a partir de dados e experiências. Analisa padrões de conversação e utiliza estes conhecimentos para fazer previsões e tomar decisões informadas. À medida que estes sistemas processam e analisam mais dados, a sua capacidade de fazer previsões exactas aumenta com o tempo.

Estas duas tecnologias alimentam-se mutuamente num ciclo contínuo, melhorando constantemente os algoritmos de IA. Eis um exemplo de como funciona para as conversas com os clientes.

A IA conversacional combina tecnologias como o processamento da linguagem natural (PNL) e a aprendizagem automática (ML) para ajudar os sistemas de software a imitar as interacções humanas. A PNL permite aos sistemas de software compreender, interpretar e gerar linguagem humana. Traduz as nuances das conversas humanas para uma linguagem que os sistemas de software podem compreender, permitindo-lhes interagir com os seres humanos de forma mais natural. O ML, por outro lado, é uma forma de os sistemas de software aprenderem e melhorarem a partir de dados e experiências. Analisa padrões de conversação e utiliza estes conhecimentos para fazer previsões e tomar decisões informadas. A capacidade do sistema de software para fazer previsões exactas melhora à medida que processa e analisa mais dados ao longo do tempo. Estas duas tecnologias alimentam-se uma à outra num ciclo contínuo, melhorando constantemente os algoritmos de IA. Eis um exemplo de como isto funciona nas conversas com os clientes. Digamos que um cliente faz uma pergunta sobre o seu produto no WhatsApp. Primeiro, a IA lê a mensagem, analisa-a e compreende o que o cliente está realmente à procura.  Depois, apresenta uma resposta com base na sua compreensão. Não se limita a dar respostas pré-escritas; está a elaborar respostas no local. Enquanto interage com os clientes, aprende com as suas respostas para melhorar a sua precisão ao longo do tempo.
Como funciona a IA de conversação?

Digamos que um cliente faz uma pergunta sobre o seu produto no WhatsApp. Primeiro, a IA lê a mensagem, analisa-a e compreende o que o cliente está realmente à procura.

Depois, apresenta uma resposta com base na sua compreensão. Não se limita a dar respostas pré-escritas; está a elaborar respostas no local. Ao interagir com os clientes, aprende com as suas respostas para melhorar a sua precisão ao longo do tempo.

Agora que já sabe como funciona, vamos responder a uma pergunta popular: O que é que torna a IA conversacional diferente dos chatbots convencionais?

Chatbot convencional vs IA de conversação

Simplificando, as actuais tecnologias de IA de conversação são uma evolução significativa dos chatbots convencionais.

Os chatbots tradicionais funcionam com base em regras e scripts predefinidos, pelo que as suas respostas estão limitadas a uma gama restrita de entradas. Podem lidar facilmente com perguntas simples e previsíveis, mas têm dificuldades com pedidos complexos ou inesperados.

A IA de conversação, que emprega tecnologias avançadas como o ML e o NLP, gera dinamicamente respostas com base nos dados introduzidos pelo utilizador, em vez de se limitar a um guião definido. Obtém respostas a partir da extensa base de conhecimentos da IA para lidar com uma gama mais vasta de tópicos e adaptar-se a perguntas ambíguas ou de contexto pesado.

Qual é o principal fator de diferenciação da inteligência artificial de conversação ai: As actuais tecnologias de IA conversacional são uma evolução significativa em relação aos chatbots convencionais.  Os chatbots tradicionais funcionam com base em regras e guiões pré-definidos, pelo que as suas respostas estão limitadas a uma gama restrita de entradas. Podem lidar facilmente com perguntas simples e previsíveis, mas têm dificuldades com pedidos complexos ou inesperados. A IA de conversação, que emprega tecnologias avançadas como o ML e a PNL, gera dinamicamente respostas com base nos dados introduzidos pelo utilizador, em vez de se limitar a um guião definido. Obtém respostas da extensa base de conhecimentos da IA para lidar com uma gama mais vasta de tópicos e adaptar-se a perguntas ambíguas ou de contexto complexo. Além disso, os sistemas de IA são mais hábeis a reconhecer e a adaptar-se a várias nuances linguísticas, como calão, expressões idiomáticas ou dialectos regionais. Isto dá-lhe a capacidade de ter interacções mais semelhantes às humanas. Em resumo, enquanto os chatbots convencionais se baseiam em regras e têm um âmbito limitado, os sistemas de IA de conversação oferecem uma abordagem mais flexível e adaptável, proporcionando uma experiência de conversação semelhante à interação humana.
IA de conversação vs chatbot: Qual é o principal fator de diferenciação da inteligência artificial (IA) conversacional?

Além disso, os sistemas de IA são mais hábeis a reconhecer e a adaptar-se a várias nuances linguísticas, como gírias, expressões idiomáticas ou dialectos regionais. Isto dá-lhe a capacidade de ter interacções mais semelhantes às humanas.

Em resumo, enquanto os chatbots convencionais se baseiam em regras e têm um âmbito limitado, os sistemas de IA conversacional oferecem uma abordagem mais flexível e adaptável, proporcionando uma experiência de conversação semelhante à interação humana.

Então, será que as empresas precisam de IA conversacional para as conversas com os clientes? Vamos explorar a resposta na próxima secção.

Porque é que a IA conversacional está a revolucionar as conversas com os clientes

Antes de começar a falar das vantagens da IA conversacional, é necessário compreender primeiro o seu significado nas comunicações com os clientes. Atualmente, as conversas com os clientes podem ocorrer através de vários canais, incluindo chamadas telefónicas, e-mails e aplicações de mensagens.

Com a crescente preferência pelas aplicações de mensagens em detrimento dos e-mails ou das chamadas, estes canais têm apresentado oportunidades para as empresas se envolverem, encantarem e converterem. De facto, um estudo revela que 75% dos clientes efectuam uma compra depois de conversarem numa aplicação de mensagens, destacando a sua eficácia como ferramenta de conversão.

"Embora os canais de mensagens ofereçam inúmeras oportunidades, as empresas hesitam frequentemente em utilizá-los como parte da sua estratégia para os clientes. Isto deve-se ao facto de o tratamento de grandes volumes de conversações poder ser um desafio e de não quererem sacrificar a qualidade do serviço.

É aqui que a IA conversacional acrescenta valor, fornecendo respostas rápidas e de alta qualidade a uma escala muito maior e a um custo mais baixo", afirmou Gerardo Salandra, o cofundador e CEO da respond.io, também presidente da Sociedade de Inteligência Artificial de Hong Kong.

Com este conhecimento, vamos explorar mais pormenorizadamente como a IA conversacional pode beneficiar substancialmente o seu negócio.

Vantagens da IA de conversação

A Gartner prevê que, até 2026, uma em cada 10 interacções dos agentes será automatizada e as implementações de IA conversacional nos centros de contacto reduzirão os custos de mão de obra dos agentes em 80 mil milhões de dólares.

Imagine uma equipa de 10 agentes dedicados a fornecer respostas de alta qualidade, mas limitados a lidar com um punhado de conversas em simultâneo. A implementação da IA conversacional transforma drasticamente este cenário.

Ao contrário dos agentes humanos, a IA conversacional funciona 24 horas por dia, fornecendo apoio constante aos clientes a nível global, independentemente dos fusos horários. Além disso, a sua capacidade de traduzir e responder em várias línguas alarga o seu alcance global, quebra as barreiras linguísticas e alarga a base de clientes.

O melhor de tudo é que a IA faz tudo isto enquanto mantém respostas de alta qualidade numa escala muito maior. Pode tratar centenas de conversas em simultâneo, de forma mais eficiente e a um custo reduzido.

A Gartner prevê que, até 2026, uma em cada 10 interacções de agentes será automatizada e que as implementações de IA conversacional nos centros de contacto reduzirão os custos de mão de obra dos agentes em 80 mil milhões de dólares. Imagine uma equipa de 10 agentes dedicados a fornecer respostas de alta qualidade, mas limitados a lidar com um punhado de conversas em simultâneo. A implementação da IA conversacional transforma drasticamente este cenário. Ao contrário dos agentes humanos, a IA conversacional funciona 24 horas por dia, fornecendo apoio constante aos clientes a nível global, independentemente dos fusos horários. Além disso, a sua capacidade de traduzir e responder em várias línguas alarga o seu alcance global, quebra as barreiras linguísticas e alarga a base de clientes. O melhor de tudo é que a IA faz tudo isto enquanto mantém respostas de alta qualidade numa escala muito maior. Pode tratar centenas de conversas em simultâneo, de forma mais eficiente e a um custo reduzido. Para corroborar esta narrativa, um estudo revela que metade dos 300 líderes de centros de contacto e de TI inquiridos afirmaram que a IA conversacional ajudou a diminuir os custos operacionais. Como a IA gere automaticamente até 87% das interacções de rotina com os clientes, reduz significativamente a necessidade de intervenção humana, mantendo a qualidade ao mesmo nível das interacções humanas. Isto também resultou num aumento de 94% na produtividade dos agentes, com 92% dos líderes de centros de contacto e de TI a comunicarem uma resolução mais rápida dos problemas dos clientes. Evidentemente, esta mudança para a IA conversacional transcende a redução de custos. Aumenta significativamente a eficiência na gestão de grandes volumes de conversações e ajuda os agentes a gerir eficazmente as conversações de elevado valor. Além disso, a combinação de IA e agentes humanos garante que as interacções com os clientes sejam empáticas e personalizadas. Como os clientes recebem respostas rápidas e precisas que atendem às suas necessidades, as empresas podem melhorar a satisfação do cliente e aumentar as taxas de conversão. Isto, por sua vez, dá às empresas uma vantagem competitiva, promovendo o crescimento e ultrapassando os seus concorrentes.
Benefícios da IA de conversação

Para corroborar esta narrativa, um estudo revela que metade dos 300 líderes de centros de contacto e de TI inquiridos afirmaram que a IA conversacional ajudou a diminuir os custos operacionais.

Como a IA gere automaticamente até 87% das interacções de rotina com os clientes, reduz significativamente a necessidade de intervenção humana, mantendo a qualidade ao mesmo nível das interacções humanas. Esta eficiência levou a um aumento da produtividade dos agentes e a uma resolução mais rápida dos problemas dos clientes.

Evidentemente, esta tendência transcende a redução de custos. Aumenta significativamente a eficiência na gestão de grandes volumes de conversações e ajuda os agentes a gerir eficazmente as conversações de elevado valor.

Além disso, a combinação de IA e agentes humanos garante que as interacções com os clientes sejam empáticas e personalizadas. Como os clientes recebem respostas rápidas e precisas que vão ao encontro das suas necessidades, as empresas podem melhorar a satisfação do cliente e aumentar as taxas de conversão.

Isto, por sua vez, dá às empresas uma vantagem competitiva, promovendo o crescimento e ultrapassando os seus concorrentes. Tendo discutido os benefícios, vamos explorar os desafios e as limitações.

Desafios e limitações da IA de conversação

A incorporação da IA conversacional nas interacções com os clientes apresenta vários desafios, apesar do seu potencial para simplificar a comunicação.

Uma limitação significativa é a dificuldade da IA em compreender as nuances da comunicação humana, como o sarcasmo, o contexto cultural e o tom emocional. Isto torna-se particularmente evidente em situações que exigem uma elevada inteligência emocional, em que a supervisão humana é indispensável.

A incorporação da IA de conversação nas interacções com os clientes apresenta vários desafios, apesar do seu potencial para simplificar a comunicação. Uma limitação significativa é a dificuldade da IA em compreender as nuances da comunicação humana, como o sarcasmo, o contexto cultural e o tom emocional. Isto torna-se particularmente evidente em situações que exigem uma elevada inteligência emocional, em que a supervisão humana é indispensável. Para além disso, o facto de se basear em conjuntos de dados extensos levanta preocupações em termos de privacidade e segurança dos clientes. Cumprir regulamentos como o RGPD e a CCPA é essencial, mas também é necessário satisfazer as expectativas dos clientes relativamente à utilização ética dos dados. As empresas devem garantir que as tecnologias de IA estão em conformidade com a lei, são transparentes e imparciais para manter a confiança. A apreensão dos clientes também representa um desafio, muitas vezes devido a preocupações com a privacidade dos dados e a capacidade da IA para responder a questões complexas. Para atenuar esta situação, é necessária uma comunicação transparente sobre as capacidades da IA e medidas sólidas de privacidade dos dados para tranquilizar os clientes.
Desafios e limitações da IA de conversação

Além disso, o facto de se basear em conjuntos de dados extensos suscita preocupações em termos de privacidade e segurança dos clientes. Cumprir regulamentos como o RGPD e a CCPA é essencial, mas também é necessário satisfazer as expectativas dos clientes relativamente à utilização ética dos dados. As empresas devem garantir que as tecnologias de IA estão em conformidade com a lei, são transparentes e imparciais para manter a confiança.

A apreensão dos clientes também representa um desafio, muitas vezes devido a preocupações com a privacidade dos dados e com a capacidade da IA para responder a questões complexas. Para atenuar esta situação, é necessária uma comunicação transparente sobre as capacidades da IA e medidas sólidas de privacidade dos dados para tranquilizar os clientes.

Agora que já tem toda a informação essencial sobre a IA conversacional, está na altura de ver como implementá-la nas conversas com os clientes e as melhores práticas para a utilizar eficazmente.

Como utilizar a IA conversacional para as conversas com os clientes

Integrar a IA conversacional nas interacções com os clientes vai além da simples escolha de uma plataforma adequada - envolve também uma série de outros passos essenciais.

Esta secção responde ao que é um exemplo de IA de conversação? Vamos centrar-nos especificamente nas plataformas orientadas para a IA para as conversas com os clientesIntegrar a IA conversacional nas interacções com os clientes vai além da simples escolha de uma plataforma de IA conversacional adequada. Embora a plataforma certa possa simplificar o processo, a implementação completa da IA conversacional também envolve uma série de outros passos essenciais. O percurso envolve cinco etapas principais: identificar os objectivos comerciais, pesquisar as capacidades de IA para conversação de que necessita, garantir a compatibilidade com a sua pilha de tecnologia existente, escolher a plataforma de IA certa e construir e treinar o sistema de IA.
Implementar a IA conversacional nas conversas com os clientes

A viagem envolve cinco etapas fundamentais:

  1. Identificar objectivos comerciais
  2. Pesquise as capacidades de que necessita
  3. Garantir a compatibilidade com o seu atual conjunto de tecnologias
  4. Escolher a plataforma de IA correcta
  5. Treinar a IA para se alinhar com os seus objectivos

Vamos explorar como navegar nestas fases para uma implementação bem sucedida da IA conversacional.

Identificar os seus objectivos

Comece por definir claramente os objectivos comerciais específicos que pretende alcançar com a IA conversacional. Identifique as áreas em que a IA pode acrescentar mais valor, seja no marketing, nas vendas ou no apoio ao cliente.

Por exemplo, os seus objectivos podem incluir a gestão automática de grandes volumes de conversações, a melhoria da interação com o cliente, a resolução eficiente de casos, a personalização de percursos de compra, o fornecimento de informações precisas e muito mais.

Os seus objectivos servirão como um roteiro para selecionar as ferramentas de IA correctas e adaptá-las às suas necessidades específicas. Com os seus objectivos claramente definidos, o passo seguinte é pesquisar as capacidades específicas que a sua plataforma de IA conversacional deve possuir.

Pesquise e identifique as capacidades de que necessita

Com base nos seus objectivos, considere se os chatbots convencionais são suficientes ou se a sua empresa necessita de capacidades avançadas de IA. Tenha em atenção que alguns fornecedores podem classificar os chatbots tradicionais como "alimentados por IA", apesar de não possuírem tecnologias como PNL e ML.

Algumas das capacidades que a IA conversacional oferece incluem a adaptação das interacções com os dados dos clientes, a análise de compras anteriores para recomendações, o acesso às suas bases de conhecimento para respostas precisas e muito mais.

Depois de compreender claramente as funcionalidades de que necessita, um fator crucial a considerar antes de escolher uma plataforma de IA conversacional é a sua compatibilidade com a sua pilha de software atual.

Avaliar a compatibilidade com a pilha de tecnologia existente

Ao considerar uma plataforma de IA conversacional, certifique-se de que esta pode integrar-se perfeitamente com o seu software existente, como as suas plataformas de CRM ou de comércio eletrónico. Isto garante um fluxo de trabalho suave e evita problemas de integração.

Depois de compreender claramente as suas necessidades e a forma como estas se enquadram nos seus sistemas actuais, o passo seguinte é selecionar a melhor plataforma para a sua empresa.

Escolha a plataforma de IA de conversação correcta

A seleção da plataforma de IA de conversação correcta é fundamental, uma vez que a sua empresa dependerá fortemente dela para gerir as conversações com os clientes. Se a sua empresa estiver a crescer rapidamente, procure uma solução que seja escalável e adaptável às necessidades futuras e aos avanços tecnológicos.

A plataforma certa deve oferecer todas as funcionalidades de que necessita, facilidade de integração, suporte robusto para grandes volumes de conversação e flexibilidade para evoluir com a sua empresa.

Mais importante ainda, a plataforma deve aderir aos regulamentos globais de proteção de dados, como o GDPR e a CCPA, garantindo uma privacidade e segurança de dados robustas. Com a plataforma certa escolhida, o próximo passo é concentrar-se na formação da sua IA.

Treinar a IA para se alinhar com os seus objectivos comerciais

Dependendo da plataforma escolhida, pode treinar o seu agente de IA para refletir a eficiência dos seus melhores agentes humanos. Pode integrar a IA nos fluxos de trabalho actuais, permitindo-lhe servir como resposta inicial para tratar de inquéritos de rotina e encaminhar conversas mais complexas ou sensíveis para agentes humanos.

Além disso, é crucial treinar a sua IA para dar respostas exactas. Isto implica fornecer-lhe informações actualizadas, muitas vezes provenientes de recursos existentes, como os artigos da sua base de conhecimentos ou as FAQ. Isto garante que a IA se mantém relevante e eficaz na resposta aos pedidos de informação dos clientes, ajudando-o, em última análise, a atingir os seus objectivos comerciais.

Agora que já sabe o que precisa para implementar a IA conversacional nas conversas com os clientes, vamos analisar algumas das melhores práticas.

Melhores práticas para utilizar a IA de conversação

Incorporar a IA conversacional na sua estratégia de serviço ao cliente pode aumentar significativamente a eficiência e a satisfação do cliente.

Incorporar a IA de conversação na sua estratégia de serviço ao cliente pode aumentar significativamente a eficiência e a satisfação do cliente. No entanto, para tirar o máximo partido desta tecnologia, é importante seguir determinadas práticas recomendadas.
Melhores práticas de IA conversacional

No entanto, para tirar o máximo partido desta tecnologia, é importante seguir determinadas práticas recomendadas.

Combine a personalidade da IA com o tom da sua marca

Ao alinhar a personalidade da IA com o tom da sua marca, está a melhorar a experiência do cliente, tornando as conversas mais pessoais e relacionáveis. Esta abordagem não só reforça a identidade da sua marca, como também promove uma ligação mais forte com o seu público.

Depois de fazer corresponder a personalidade da IA ao tom da sua marca, vamos agora explorar outra prática recomendada crucial: avaliação e formação contínuas.

Avaliar e educar continuamente a sua IA

A eficácia da IA de conversação depende da sua capacidade de aprendizagem e adaptação. Avalie continuamente o seu desempenho para garantir que está a atingir os seus objectivos e mantenha-a actualizada com novas informações.

As actualizações regulares dos seus conhecimentos garantem que a IA se mantém relevante e eficaz no tratamento das diversas interacções com os clientes. Este processo contínuo de avaliação e formação é fundamental, mas também é importante reconhecer as situações em que a intervenção humana é mais adequada.

Saber quando recorrer a agentes humanos

Apesar da sofisticação da IA, certas questões complexas ou sensíveis podem exigir a intervenção humana. Incorpore uma via de escalonamento contínua para agentes humanos em tais cenários, assegurando que a transição é suave e que os agentes têm acesso rápido ao contexto da interação.

Isto leva-nos à próxima melhor prática - formar agentes humanos para tirar partido das ferramentas de IA.

Formar agentes humanos para tirar partido da IA

Com base nas funcionalidades da plataforma que seleccionou, pode fornecer aos agentes ferramentas de IA sofisticadas para melhorar as suas interacções com os clientes. Tomemos como exemplo o site respond.io .

Respond AI Os avisos podem ajudar os agentes a aperfeiçoar as suas mensagens, garantindo clareza e precisão na comunicação. Podem também traduzir mensagens para diferentes línguas, reduzindo potenciais barreiras linguísticas.

Além disso, ferramentas como o AI Assist podem ser um fator de mudança para proporcionar aos agentes um acesso rápido a informações relevantes. Este acesso rápido à informação permite que os agentes respondam de forma rápida e precisa aos pedidos de informação dos clientes, melhorando os tempos de resposta e contribuindo para uma experiência do cliente mais satisfatória.

Principais conclusões

A IA conversacional está na vanguarda de uma nova era no envolvimento do cliente, oferecendo uma mudança revolucionária em relação aos métodos de comunicação tradicionais.

Tal como explorámos neste guia, a integração de tecnologias avançadas de IA conversacional permite que as empresas conduzam interacções mais dinâmicas, intuitivas e personalizadas com os clientes. Ao contrário dos chatbots convencionais, estes oferecem uma profundidade de compreensão e adaptabilidade, permitindo conversas que ressoam verdadeiramente com os clientes.

Embora esta tecnologia transformadora não esteja isenta dos seus próprios desafios, a trajetória da IA conversacional é inegavelmente ascendente, evoluindo continuamente para ultrapassar estas limitações.

"A IA está finalmente na fase em que as empresas podem manter a qualidade do serviço numa escala significativamente maior e com custos reduzidos. Por conseguinte, as empresas que a adoptarem primeiro terão uma enorme vantagem sobre os seus concorrentes", afirmou Gerardo Salandra.

Num mundo em que as expectativas dos clientes aumentam constantemente, manter-se fiel aos métodos tradicionais pode atrasar uma empresa. A IA de conversação não é apenas uma ferramenta para o presente, mas um investimento para um futuro em que as interacções perfeitas, inteligentes e empáticas com os clientes são a norma.

Perguntas Mais Frequentes

O que é a IA de conversação?

A IA conversacional é um tipo de inteligência artificial (IA) que pode simular a conversação humana. É possível graças ao processamento de linguagem natural (PNL), um domínio da IA que permite aos computadores compreender e processar a linguagem humana, e aos modelos de base da Google que potenciam novas capacidades de IA generativa.

Qual é o futuro da IA de conversação?

O futuro desta tecnologia reside no facto de se tornar mais avançada, semelhante ao ser humano e contextualmente consciente, permitindo interacções perfeitas em vários sectores. Temos um blogue dedicado que traz alguma luz a esta excitante questão.

Como posso planear uma estratégia de IA conversacional?

Comece por definir objectivos e públicos-alvo claros e, em seguida, escolha a tecnologia e as plataformas certas, de acordo com os seus objectivos. Em seguida, utilize fluxos de diálogo envolventes e sensíveis ao contexto e teste e aperfeiçoe continuamente com base no feedback dos utilizadores e nos dados de interação.

O que devo procurar num software de IA para conversação?

Procure a capacidade de integração com os seus sistemas existentes. É também crucial considerar a experiência do utilizador, as opções de personalização e a escalabilidade do software para se adaptar às crescentes necessidades da empresa.

Precisa de orientação para selecionar a melhor plataforma de IA conversacional para o seu negócio? O nosso artigo detalhado irá fornecer-lhe as informações de que necessita. E se está pronto para embarcar na melhoria das conversas com os clientes com IA, comece a sua viagem com respond.io, um software de gestão de conversas com clientes alimentado por IA - experimente-o gratuitamente hoje mesmo!

Leitura adicional

Se quiser saber mais sobre inteligência artificial conversacional para conversas com clientes, aqui estão alguns artigos que podem interessar-lhe.

Gabriella
Redator de conteúdos
Gabriella é redatora de conteúdos em respond.io, especializando-se como a autoridade da equipa para o WhatsApp desde 2022. O seu profundo conhecimento das aplicações de mensagens, da indústria SaaS e do comportamento dos clientes faz com que os seus artigos sejam guias indispensáveis para as empresas com experiência em tecnologia.
Etiquetas
Copiado para o Clipboard!

Pronto para começar? ✨

  • Desbloqueie o poder do respond.io para aumentar as vendas e encantar os clientes.
  • 7 dias de teste gratuito
  • Não é necessário cartão de crédito
  • Cancelar a qualquer momento
Inscreva-se Grátis
  • Experimente uma demonstração personalizada connosco
  • Descubra porque é que mais de 10.000 empresas nos escolhem
Reservar uma demonstração